Quem inventou o espelho?

porta de vidro

Além de ser muito usado nas decorações, o espelho também serve para dar a sensação de amplitude nos ambientes. Mas o que poucos sabem é quem inventou o espelho e como ele é produzido. Nesse artigo irei explicar de forma resumida a história e a produção dos espelhos. Então vamos começar.

Um pouco de história: quem inventou o espelho?

Quem inventou o espelho

Hoje é muito comum o uso de espelho. Muitas pessoas o carregam em bolsas, carteiras e até mochilas. Mas nem sempre foi assim! Alguns anos atrás o espelho era um objeto de muito luxo, e apenas a classe nobre os possuía. Alguns consideram que o uso massificado dos espelhos está relacionado à necessidade que o ser humano criou de se autoavaliar e se autoanalisar, algo que não era tão importante nas antigas civilizações.

Muitos historiadores acreditam que a primeira vez que o homem se viu foi pelo reflexo da água. Mas quem inventou o primeiro protótipo de espelho foi uma civilização que vivia onde hoje é o Irã, cerca de 3000 a.C, na idade do bronze. Eles começaram a polir pedras com areia para fazer com que elas refletissem sua imagem, mesmo que muito desfocadas.

E esses “espelhos” desfocados só foram melhorados após o desenvolvimento de uma nova técnica, que era a junção de placas de metal com camadas de vidro. O surgimento do espelho, como conhecemos hoje, aconteceu em Veneza no século XIII. E como disse anteriormente, na idade média esse objeto só era visto em palácios,visto que era extremamente caro. E essa situação só começou a mudar com a chegada da Revolução Industrial no século XIX.

Do outro lado do espelho

Quem inventou o espelho

Agora que já descobrimos quem inventou o espelho, vamos discorrer sobre como é feito o espelho. Esse processo começa com a limpeza do vidro com água comum para retirar todos os resíduos. Logo depois uma máquina usa jatos de água desmineralizada (livre de sais minerais) que limpam profundamente a superfície do vidro.

Agora, o vidro completamente limpo recebe uma camada de prata metálica formada por reações químicas do nitrato de prata que adere ao vidro e faz com que o espelho comece a se formar. Essa é uma das fases mais importantes, uma vez que é quando o vidro começa a se tornar reflexivo. todo esse processo é controlado por um computador, para que o resultado final seja de excelente qualidade.

Já a terceira etapa acontece com uma máquina que pulveriza uma camada de tinta preta atrás do vidro com nitrato de prata, protegendo o espelho da corrosão. Então o objeto é submetido a uma temperatura de 90° para que a tinta seque rapidamente. Após secar,são aplicadas mais duas camadas da tinta e o processo de secagem é feito na temperatura de 180º.

Depois de todos esse processo o espelho passa por uma inspeção de qualidade. Então um profissional inspeciona minuciosamente todos os pontos do espelho. Se perceber qualquer defeito o objeto retorna para a linha de produção e é arrumado. Para redimensionar os espelhos de acordo com a demanda dos consumidores é usada uma peça de metal rígido junto com uma maquina de precisão de corte. E só então as peças são separadas, embaladas e mandadas para o mercado.

Fonte: www.historiadetudo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *