pastilhas de vidro

Pastilhas de Vidro tornam o ambiente moderno

Pastilhas são pequenas peças de revestimento feitas de vários materiais, como o vidro e o azulejo. As Pastilhas de Vidros são as que estão cada vez mais populares no mercado, uma vez que é uma alternativa moderna e colorida para projetos arquitetônicos.

Porém, é muito importante escolher e entender muito bem sobre esse material, para não ter decepções futuras.

Essas pastilhas são perfeitas para lugares úmidos, como cozinhas e banheiros, uma vez que protegem áreas muito sujeitas à água. Mas essa não é sua única finalidade. Suas cores, estampas e desenhos são características únicas que podem ser usadas em diversos ambientes.

Existem também pastilhas de vidro artesanais, com aplicações de folhas, frutas, pedras e até pétalas de flor. Mas seja qual for sua escolhida, é importante que elas estejam em harmonia com o local onde serão aplicadas.

Como fazer a aplicação das pastilhas?

Por mais que seja uma aplicação simples, sempre preze por um serviço de qualidade feito por um profissional.

A sua instalação é semelhante à feita com os azulejos, ou seja, de baixo para cima, mas o maior problema é que as pastilhas de vidro acabam pesando. Então se não forem bem assentadas elas saem do lugar e ficam tortas. Por isso é tão importante que um profissional seja contratado para realizar o serviço

Existem dois tipos de assentamentos mais usados: cola para azulejos ou argamassa. A argamassa própria para pastilhas serve tanto para a fixação como para o acabamento, e por isso é o jeito mais recomendado. Além de ser rejunte em argamassa em um único produto, o resultado fica mil vezes melhor do que com a cola de azulejo.

PASTILHA DE VIDRO
https://www.instagram.com/p/Bwr1MhIFbRq/

Onde utilizar pastilhas de vidro

As pastilhas de vidro estão cada dia mais presente em projetos de decoração. Sejam coloridas, transparentes ou monocromáticas, elas dão sempre um toque novo e moderno ao ambiente, desde que bem sincronizadas.

O jogo de cores que as pastilhas oferecem é surpreendente. Elas podem transformar um ambiente neutro em um lugar mais leve e despojado. Por isso não fique preso em usar apenas uma só cor, ou só em determinados cômodos, como em cozinhas, banheiros e piscinas.

Também deixe de lado a velha ideia de que as pastilhas devem ser colocadas em uma parede inteira. Elas podem e DEVEM ser usadas em detalhes na decoração do ambiente.

Essa dica é muito usada por quem busca renovar o visual da casa sem passar por grandes reformas.

Por isso use e abuse da sua criatividade e bom gosto e crie ambientes  modernos divertidos e leves com pastilhas de vidro. Pois apesar de ser considerado um material nobre, essas belezinhas têm valor semelhante às pastilhas de cerâmica e podem ser colocadas em fachadas, áreas externas, cozinhas, ou qualquer cômodo que você queira.

Fonte: www.psdovidro.com.br

FUNÇÕES DO ESPELHO

Funções do Espelho que você deve conhecer

O uso de espelhos pode dar a sensação de ambientes pequenos serem mais amplos e lugares escuros se tornarem mais leves, entretanto, essas são apenas duas das muitas funções do espelho. Ele é um artefato poderoso, que além de embelezar o ambiente possui diversas funcionalidades.

Vamos conferir?

Funções do espelho

Em um post anterior vimos sobre a história do espelho e como ele era fabricado. Hoje irei trazer as várias formas de utilização de espelhos de forma funcional.

O espelho pode (e deve) ser usado como revestimento de paredes, móveis, molduras, nas laterais da cabeceira da cama, portas de armários ou como artigo decorativo.

Ambientes mais amplos

Uma das principais funcionalidades do espelho é criar a sensação de amplitude nos ambientes. Muitas vezes ele é usado em corredores, lavabos e halls de entrada, mas isso não significa que você não possa brincar em outros ambientes com essa função maravilhosa, já que o espelho rompe com a sensação de confinamento.

Melhorar iluminação

Por rebater a luz natural, o espelho acaba aumentando a luminosidade do ambiente. No entanto, uma das funções do espelho é permitir a personalização da iluminação, você pode usá-los para manipular as luzes de forma que atenda as suas necessidades.

Integração entre exterior e interior

Assim como o espelho serve para rebater a luz, ele também pode ser usado para integrar áreas verdes externas com o cômodo desejado. Assim você pode alcançar uma sensação de paz e tranquilidade muito maior.

Mas lembre-se sempre de evitar que esses espelhos fiquem direcionados para pessoas ou objetos que você não queira.

Objeto decorativo

Não precisa estar só na parede para o espelho ser um objeto de decoração. Muitas vezes ele também é usado em mesas de centro, lustres, cabeceiras e muitos outros objetos, visando sempre trazer o charme e beleza ao ambiente, os espelhos dão um ar moderno para qualquer ambiente.

Molduras decorativas

Para deixar seu espelho com características únicas e interessantes aposte em molduras que combinem com o ambient. Eventualmente, formas diferentes, de várias cores e materiais das molduras, faz com que o espelho tenha um ar mais leve e moderno.

Entretanto, caso você opte por um estilo mais clean, use uma moldura desenhada no próprio espelho ou simplesmente a dispense.

Espelhos redondos servem como quadros, decorando e aumentando o espaço, e são bastante usados.

Contraindicação do uso de espelhos

Embora as funções do espelho sejam inúmeras, existem alguns casos onde eles devem ser evitados. Como disse anteriormente é muito importante se atentar para o que o espelho está refletindo. Além disso, outro fator que deve ser evitado é colocar espelhos refletindo espelhos. Isso acaba distorcendo as imagens e, consequentemente, deixa o ambiente carregado. Outra contraindicação para uso de espelhos é colocar em tampo de mesas de jantar se a luz do lustre é voltada para baixo, uma vez que isso acaba ofuscando muito o ambiente.

Fonte: www.psdovidro.com.br

FACHADA DE VIDRO

Fachada de Vidro: tudo o que você precisa saber

Por sua transparência e segurança, o vidro se tornou um dos materiais mais utilizados em projetos de fachadas. Lembrando que projetos com fachada de vidro devem atender aos requisitos da ABNT NBR 7199/1989.

Vale à pena instalar uma fachada de vidro?

Com certeza a fachada de um imóvel diz muito sobre ele: mostra estilo, requinte e também o bom gosto, além de ser o cartão de visitas de um ambiente e a primeira coisa a ser notada em uma casa.
Pensar na fachada de uma casa pode ser algo bem simples ou mais complicado, isso depende do que você quer e quais as vantagens e desvantagens de cada opção.

Investir numa fachada de vidro pode ser uma boa alternativa, ainda mais se houver áreas verdes ou belas construções nas proximidades. Desta maneira a fachada de vidro propõe um melhor aproveitamento da área útil em todas as estações do ano. Mas fique atento para que a fachada de vidro exerça uma boa função no ambiente.

Qual tipo de vidro utilizar?

FACHADA DE VIDRO
FACHADA DE VIDRO

Qual tipo de vidro utilizar?

Além de instalado nos muros e paredes frontais, o vidro costuma também ser utilizado em grandes janelas e portas. E essa escolha deve levar em conta, entre outras coisas, a incidência do sol. Imagine que você utilize a fachada de vidro na sua casa, mas durante quase todo o dia ela receba a luz do sol, além de tornar o espaço exageradamente luminoso, o material permitirá a entrada e conservação do calor, tornando o ambiente quente e desconfortável. Em situações assim é possível contar com vidros especiais, que permitem o bloqueio solar, vedação do som, e até manutenção de uma temperatura agradável.

Dessa forma, é mais que fundamental contar com o auxílio de um arquiteto ou engenheiro.
Mais do que indicar a peça mais bonita visualmente, ele poderá avaliar a que melhor atenderá as necessidades do ambiente e analisar aspectos como o nível de ruídos no espaço e a incidência solar sofrida por ele. Os tipos de vidros mais indicados são os vidros laminados e os vidros laminados temperados.

Vantagens de uma fachada de vidro:

Sem dúvida uma das principais vantagens percebidas em uma fachada de vidro é a sua beleza. O visual obtido é sempre bonito, clean, moderno e imponente.

Integração dos espaços:

A fachada de vidro gera uma forte integração entre os espaços internos e externos de um ambiente. Embora traga um pouco de falta de privacidade para o imóvel, o indivíduo pode contar com uma solução que não permita a visualização do exterior para o interior, essa integração dos ambientes cria sensação de maior conforto, especialmente se houverem árvores ou outros elementos naturais no jardim do imóvel. A sensação de amplitude é igualmente comum, e faz parecer que há continuidade do espaço do cômodo.

Ótimo custo-benefício:

Comparado a uma fachada normal de alvenaria, o vidro pode ser bem mais barato. Afinal não são necessários tantos materiais, como tijolos, argamassa, massa corrida e tinta, e ao mesmo tempo, o gasto com mão de obra é pequeno, já que a instalação é feita em poucos dias.

Luminosidade do espaço:

Além disso, é possível destacar a luminosidade permitida pelo uso do vidro. O material deixa a luz natural entrar no imóvel, e assim permite a economia de energia elétrica. Contudo, é importante ter atenção ao exagero de luminosidade, se a incidência solar for muito intensa, ou se a iluminação pública for muito acentuada durante a noite, a claridade pode incomodar. Por isso, é essencial avaliar cada aspecto do espaço ao redor do imóvel e escolher o tipo de fachada de vidro que melhor atenda as características do ambiente, inclusive bloqueando a entrada de parte da luz externa na edificação.

Facilidade de manutenção:

Finalmente, a opção de fachada em vidro garante incríveis facilidades, tanto na sua limpeza, quanto em sua conservação. E para ajudar você a manter o material livre de sujeiras, temos um artigo específico sobre limpeza de vidros.

Já em relação à durabilidade do produto, é possível dizer que ela é muito maior do que as opções de alvenaria. Não é preciso, por exemplo, retocar a pintura do vidro. Fatores naturais, como o sol ou a chuva, também não tornam a superfície fosca ou desgastada. Para se ter uma ideia, quando o vidro é descartado, pode demorar muito mais do que mil anos para decompor na natureza! Logo, utilizá-lo é ter a garantia de durabilidade.

FACHADA DE VIDRO

Desvantagens da fachada de vidro

Entretanto, não só de coisas boas se vive quem escolhe usar esse tipo de fachada. O vidro “denuncia” com muita facilidade a sujeira. Marcas diversas ficam “impressas” nas superfícies transparentes, sendo necessária uma limpeza e manutenção frequentes.

Da mesma forma, se a fachada fica exposta a variações climáticas, areia de praia ou chuvas frequentes, a possibilidade de marcas e manchas é muito grande.

O desempeno térmico de uma fachada de vidro é um problema a parte. Com relação à sensação térmica, o vidro esquenta mais o ambiente, tornando o uso do ar condicionado indispensável. Portanto, isso também deve ser levado em consideração.
Normalmente, os projetos de fachadas de vidro são feitos com vidros especiais que permitem que a fachada fique livre da incidência do sol. Caso contrário, o calor no interior da peça pode ser tornar insuportável.

O mais importante ao se projetar uma fachada de vidro é se atentar aos fatores ambientais locais, verificar a viabilidade do projeto e chegar a possíveis alternativas para contornar problemas de desempenho que as fachadas de vidro possam apresentar.

Dicas de como comprar:

Lembre-se que ao optar por uma fachada em vidro, você deve buscar empresas e serviços responsáveis. Dê preferência para empresas que utilizem vidro com tratamento correto e que garantam melhor aproveitamento de material.
Antes de comprar, peça ajuda de algum profissional e de uma empresa líder no mercado e também pesquise bastante.

Convidamos você a passar na Vidraçaria Bom Pastor e fazer seu orçamento. Estamos à disposição para ouvir as suas dúvidas.

Fonte: www.vivadecora.com.br